• Imprensa

Ficante 'premium' ou que 'expira em 15 dias': meme tenta definir relações

Publicado em Universa UOl/Relacionamento Por: Nathália Geraldo

O "match" veio, vocês começaram a sair, mas a definição do status do relacionamento fica nebulosa. Essa história parece a sua? Bem, no Twitter, as categorias de ficante —aquele com quem mantemos uma relação casual —foram atualizadas e talvez possam ajudar você a entender, afinal, "como definir sua relação".


Em uma publicação que já chegou a 210 mil curtidas e 22 mil compartilhamentos, a estudante Lorena Moraes comentou que estava com o ficante "premium plus" quando encontrou com o ficante "comfort limited edition" no mesmo dia. Alguns usuários entraram na onda e passaram, inclusive, a procurar alguma versão de parceiro que "não expirasse em 15 dias". As referências são àqueles serviços que contratamos, como plataforma de streaming, que têm uma data para acabar e diferentes acessos dependendo de qual pacote assinamos.


Qual é seu tipo de ficante? E quais são os critérios que mostram o perfil de cada contatinho?


Tipos de ficante: "premium", "comfort" e mais...

Para Universa, Lorena contou que a classificação surgiu quando precisou escolher com qual pretendente sairia naquela noite.


Não são "categorias oficiais", mas ela explicou quais são as condições de cada um. "O 'premium plus' é um ficante normal. Sempre fico com ele, que é um pouco mais importante que os outros. Aí, o 'limited edition', como o nome já diz, é porque fiquei menos vezes. Ele não mora na minha cidade, mas nosso santo bateu muito", conta. "Então, é 'comfort', porque criei uma intimidade e me sinto confortável com ele".


Segundo ela, o fato de ter dito que "a casa caiu" não foi porque o "premium" ficou bravo com a presença de outro ficante dela, mas porque ela precisou escolher com quem permaneceria naquele evento.


Alguém tem uma versão que não seja 'teste'?

Com a repercussão da publicação, a rede social foi tomada pela procura de ficantes que não fossem da "versão teste" ou "que expira em 15 dias":

Funciona colocar rótulo no ficante?

Apesar de as expressões terem viralizado no Twitter agora, quem vive uma relação casual já tem um vocabulário amplo para falar sobre a paquera: "contatinho", "rolo", "peguete", "pessoa de que eu gosto", "@" servem para exemplificar o tipo de relacionamento que não é um namoro, mas também não é "pegação" pura e simples. O próprio termo "ficante" já entra no rol, com variações com "ficante fixo", "ficante fiel". Segundo o dicionário Michaelis, aliás, define como a "pessoa que fica com alguém por pouco tempo para fins amorosos, sem que haja comprometimento.


Lorena diz que, quando se envolve com os parceiros, segue essa linha de raciocínio. "Geralmente fujo de rótulos, mas na maioria das vezes crio uma amizade com eles, então, sempre sabem o que significam pra mim."


Para a psicóloga Marina Vasconcellos, mesmo que a pessoa com quem você esteja se relacionando não saiba em qual classificação ela se encaixa, é importante que haja alinhamento de expectativas afetivas.


"Fazer essa identificação ajuda, principalmente quem fica com várias pessoas, sem esse comprometimento. Porque é possível que, mesmo sem esse compromisso, você veja o outro beijando alguém e sinta incômodo, ansiedade, tensão".


Para ela, é comum que nessas situações se confundam emoções. Nesse caso, sentar para conversar sobre "afinal, o que temos de relação?" pode ser um exercício positivo para quem não se sente confortável com a falta de esclarecimento. "Há ainda as condições de ficante exclusivo, o que gera uma linha tênue entre o ficante e o namorado?"


Mas, precisa conversar? Será que o outro pode ficar "assustado" com a definição? Marina sugere que tudo depende da maturidade emocional dos envolvidos. "É preciso dizer se você está incomodado com a situação mas não tem uma regra de como ter essa conversa", afirma a especialista.