• Marina Vasconcellos

Confira 5 dicas para manter o foco no trabalho e ser mais produtiva

5 dicas para manter o foco no trabalho


Publicado em Corpo a Corpo – Uol, 29.05.16



Com tantos colegas ao redor, é tentador detonar a produtividade para ficar batendo bater papo.Para se blindar desse efeito.


Saiba como manter o foco no trabalho

Para incentivar a colaboração da equipe, muitas empresas estão integrando os espaços e já não existem mais as divisórias entre um e outro. Mas o que é ótimo para a troca de ideias pode acabar em perda de foco, afinal, fica muito mais fácil se distrair com a conversa ao lado ou a história que o outro contou. Resultado? Você nunca consegue concluir as tarefas do dia, tendo que levar trabalho para casa. Ou até consegue, mas o faz num tempo muito maior que o seu colega mais focado. Estudos mostram que um profissional concentrado conclui as tarefas em até 74% menos tempo. Isso porque ele faz uma coisa de cada vez, sem se atrapalhar com a falta de assertividade provocada pela atenção em várias atribuições. Confira algumas dicas para turbinar a produtividademanter o foco no trabalho a seguir.


Coloque suas atividades por ordem de prioridade, se possível fazendo uma de cada vez.


A tarefa exige muita concentração? Então vale fechar um pouco a caixa de e-mail e desligar o telefone até concluir.


Se você faz parte do time que ao colocar o fone de ouvido rende mais, vá em frente. Enquanto não concluir o que foi imposto, evite também conversar com os colegas e olhar as redes sociais.


Mas se não conseguir se desvincular do barulho alheio, vale tirar dez minutos de pausa e observar o ambiente lá fora ou até mesmo sair para tomar um ar. Isso porque, graças a um fenômeno chamado de processamento inconsciente, seu cérebro vai continuar trabalhando em um problema, embora de forma inconsciente.


Fica um recadinho da psicóloga Marina Vasconcellos, de São Paulo: “Se o ambiente já é aberto e poluído visual e sonoramente, ao menos o seu espaço pessoal deve ser bem organizado e limpo. Por isso, tente deixar em sua mesa apenas o essencial. Uma mesa bagunçada, com pilhas de papéis aguardando para serem tirados da frente é um prato-cheio para a dispersão, pois a todo momento há um aviso ali de que há muito trabalho, além daquele que está fazendo”.

+55 [11] 97416-1008
Rua Cardoso de Almeida, 788 – Conj. 53
Perdizes - São Paulo, SP - 05013-001

Marina Vasconcellos

Psicologia - Perdizes, São Paulo/SP
  • facebook-marina.vasconcellos.psicoterapeuta
  • linkedin-marina-vasconcellos